8 de abr de 2013

Capítulo 21 – Obrigações





Água-marinha põe estrelas no mar
Praias, baías, braços, cabos, mares, golfos
E penínsulas e oceanos que não vão secar
E as coisas lindas são mais lindas
Quando você está
Onde você está
Hoje você está
Nas coisas tão mais lindas.

(Trecho de “As Coisas tão Mais Lindas” Nando Reis)

Hospital UCLA Medical Center 
18h47min
~Nick On

O médico olhou para nós. Joe estava aflito. Selena agarrava a cintura de Kevin. Coloquei a mão sobre o ombro de Joe.
- Ela vai ficar bem. – Falou o médico por fim. Joe suspirou de alívio. – Ficará de repouso por algumas horas, e depois irá se recuperar em casa. Ela teve muita sorte. A garganta da garota estava quase tampada. Tivemos que conectá-la a alguns aparelhos, e demos uma injeção. Não foi preciso uma cirurgia, e foi muita sorte, pois se houvesse a necessidade de uma cirurgia, ela correria muito risco.
- Ela está acordada? – Perguntou Selena atônita.
- Sim. E já pode receber visitas. Aliás, ela pediu pra eu chamar... – Ele começou e Joe se levantou depressa. – Selena Gomez.
Selena assentiu e se levantou. Joe sentou-se rapidamente, abatido.
- Ela não quer me ver. – Murmurou. – Ela me odeia. Me odeia profundamente.
- Para com isso Joe. – Falei, enquanto Selena seguia o médico até a sala onde Demi se encontrava. – Ela só quer ver a irmã primeiro. Fica calmo, a culpa nem foi sua.
- Valeu, caras. Valeu por estarem aqui. – Disse Joe, abatido.
- Você é nosso irmão Joe. E a Demi faz parte da família agora. Agora ela é uma Jonas, mesmo não tendo o nosso sobrenome. – Disse Kevin batendo de leve nas costas de Joe.
Ele sorriu de leve. Eu o conhecia bem, ele estava mal de verdade. Segundos depois, escutei passos apressados. Tio Alec andava pelo corredor, ainda de terno.
- Onde ela está? – Perguntou aflito.
- Calma, ela está bem. Está acordada e Selena está conversando com ela. – Falou Kevin.
Tio Alec suspirou aliviado e sentou-se.
- Como isso foi acontecer? – Perguntou.
- Ela comeu um pedaço de bolo, tinha noz nele. Então eu a trouxe para o hospital. – Falou Joseph esfregando as mãos.
- Ah. Obrigado então, Joseph.
- Foi... Só minha obrigação, já que estamos... Casados. Agora – Falou.
- Hum. Mesmo assim. Ah, Nick, eu sinto muito por você... E pela Sel, vocês formavam um casal maravilhoso. – Falou Tio Alec, olhando diretamente para mim. Engoli em seco.
- Vocês... Terminaram? – Kevin perguntou.
Não respondi; o médico voltava junto com Selena.
- Pai. – Ela murmurou e o abraçou fortemente.
- Eu posso ir? – Perguntou ele. O médico assentiu e Tio Alec se dirigiu até a sala.
- Você não nos contou por quê? – Kevin quis continuar.
- O quê que você não contou pra eles? – Perguntou Selena interessada.
- Que nós terminamos. – Falei normalmente.
Selena corou e disse que ia ao banheiro.
- Poxa cara, eu sinto muito. – Disse Kevin, me abraçando.
- É, ela tá gostando de outro cara. E também com essa carreira dela, nem dava mais né. Então foi o melhor mesmo – Afirmei. – Acho melhor eu ir logo. Vou dar um beijo na Demi e depois me mandar.
Tio Alec já ia voltando. Joe pediu pra eu perguntar a Demi se ela queria vê-lo. Senti pena do meu irmão. Fui até a sala. Ela estava deitada numa maca. Quando me viu, abriu um sorriso enorme.
- Sua maluquinha, você quer me matar de susto? – Reclamei sorrindo.
Ela sorriu de volta. Dei um beijo em sua testa.
- Obrigada Nick – Disse docemente.
- Joe me mandou perguntar se você quer vê-lo. – Afirmei.
- Amñ. Claro, ele é meu marido. – Disse sorrindo.
Eu sorri de volta.
- Como você está? – Perguntou, preocupada.
- Ah. Estou bem. Preciso seguir em frente. – Falei sorrindo fraco.
Ela sorriu calmamente Dei outro beijo em sua testa e saí da sala.
- E aí? – Joe perguntou, assim que eu cheguei.
- Ela está te esperando. – Falei e ele sorriu. – Cadê o Kevin?
- Ele teve que descer. Meu carro foi rebocado, por que na pressa eu estacionei em cima da rampa de deficientes. – Falou tranquilamente.
- O.o eu vou pra casa agora.
- Mas como, só temos um carro.
- Não faz mal, eu vou andando. – Falei, e saí do hospital.
Ia andando pelas ruas. Eu ia sentir saudade de Selena. Esbarrei numa garota assim que dobrei a esquina. Ela caiu com tudo no chão. Aff, mais essa.
- Ai garoto! Toma cuidado! – Gritou.
- Desculpa. – Falei ajudando ela a se levantar.
- Aff, me solta. MUITO OBRIGADA. – Gritou e saiu. Que menina grossa. Mas até que era bem bonita...

~Nick Off

 My Bitches :p

Gente, desculpa a demora. E eu ainda ter postado esse LISHO
E, adiantando: Esqueçam o Ted. A história tomou um rumo completamente diferente; eu não iria envolver o Kevin e o Nick na fic, mas agora já era por que eles estão muito envolvidos.
Bom, é isso.
Comentem essa merda, Please *-*
Beijocas

2 comentários:

  1. kkkkk gostei do cometem nessa merda...
    Ui, que autora agressiva kkkkk
    Ainw a Demiz quer falar com ele tomara que ela amoleça um pouco né...
    Bjus

    ResponderExcluir

Envie um comentário e ganhe um chocolate Wonka :3