17 de jan de 2013

Capítulo 3 - Quantos anos você tem? Cinco?



A vida não é filme, você não entendeu
Ninguém foi ao seu quarto quando escureceu
Saber o que passava no seu coração
Se o que você fazia era certo ou não,
E a mocinha se perdeu olhando o sol se pôr
Que final romântico morrer de amor
Relembrando da janela tudo o que viveu
Fingindo não ver os erros que cometeu.

(Trecho de "Ska" Paralamas do Sucesso)
Casa da Demi
18h37min
~Demi on

Meu quarto ficou uma bagunça, mas Selena consegui se arrumar a tempo. Ela estava linda.
 - Ai, será que o Nick vai gostar? - Perguntou ela, insegura enquanto se olhava no espelho.
- É logico que vai. Você está deslumbrante. - Falei, colocando os cabelos dela por cima do ombro - Nosso priminho tem muita sorte de ter você como namorada.
- Sabe que eu sempre estranhei? O fato de eu namorar meu próprio primo. - Falou ela, sem tirar os olhos do espelho.
- Que a propósito, é um primo muito gato. - Falei, rindo.
- Ei!- Disse ela, fazendo uma careta. Depois riu. - O Joe também é um primo muito gato.
- Ai Selena, fala de gente. - Disse, levantando e ajeitando meu vestido tomara-que-caia.Ouvi um barulho de buzina e olhei pela janela. Era o carro de Nick. - Ele chegou. - Falei, com um sorriso.
Selena sorriu de volta e abriu a porta do quarto. Desceu as escadas e eu fui atrás.
- Não chegue tarde. - Murmurei. - Ordens do papai.
- Ele nem sabe que eu estou aqui. - Falou ela. - E nem pense em contar. Vou fazer uma surpresa amanhã de manhã.- Sorriu e desceu o resto das escadas. Me deu um abraço e saiu, rebolando até o carro. Essa Selena...
Fui até a cozinha e peguei uma maçã na geladeira. Liguei pro papai e ele disse que ia chegar tarde. Eu já imaginava...
Subi para o quarto e tentei arrumar a bagunça. Levei as malas da Sel para o quarto dela. Quando voltei, ouvi uma pedra trincar o vidro da minha janela.
 - Crianças malditas! - Falei, pensando que era algum dos vizinhos fazendo vandalismo.Fui até a janela e vi o meu carma (O Joseph) parado no jardim com uma pedra na mão.
- CRETINO! Você vai me pagar uma janela nova! - Gritei, explodindo de ódio. Sério, deu vontade de pular daquela janela e bater nele até ele chorar. Ele riu gostosamente, o que me deu mais ódio ainda.
- Vim te trazer uns relatórios.- Falou, ainda com um sorriso no rosto.
- Não podia ter usado a campainha?
- Aí não seria divertido ver você desse jeito. - Falou ele. - Com esse bobe no cabelo.
Retirei o bobe, já frustada. Olhei pra Joe, que continuava com um sorriso no rosto. Como uma pessoa tão linda pode ser tão irritante? O que ele tem de bonito ele tem de burro. Desci as escadas para pegar os relatórios. Tinha certeza que era sobre a viagem para NYC.
Abri a porta e ele veio até mim com algumas folhas na mão. Me deu e falou, já serio:
- Esses são só pra você revisar. Eu trabalhei com isso o mês inteiro, então já sei tudo. - Olhei pra ele. Dava pra perceber que ele estava se gabando.
- O que foi? Está impressionada com a minha beleza? - Sério, como ele podia ser tão... Ai, nem dá pra explicar! 
- Sério, Joseph... Quantos anos você tem? Cinco?
- Só tenho um. E está muito bem protegido. - Falou ele, rindo na minha cara. Me segurei pra não sentar a mão na cara dele.
- Demi... Você não está feia.
- Obrigada. Se isso for um elogio.- Olhei para ele, percebi que ele estava prendendo o riso. - Se é só isso, então, Obrigada. - Falei cerrando os dentes. 
- Não há de quê. - Disse ele, se aproximando para me cumprimentar com um beijo no rosto. Me esquivei, mas ele foi mais rápido e puxou meus ombros. Me deu um beijo rápido na bochecha e sorriu pra mim. Passei a mão no rosto para tirar o cheiro do perfume dele .
-Até mais Demetria. - Falou, cínico.
Entrei em casa e bati a porta. Consegui ouvir a risada dele enquanto entrava no carro. Que idiota!  Me deitei no sofá e liguei a televisão. Não tinha nada de bom, acabei encontrando um canal que mostrava como estava o trânsito. Deixei nele, pra saber se o meu pai demoraria muito. Fui até a cozinha preparar alguma comida pra mim. Resolvi pedir comida chinesa. Já ia pegando o telefone, quando olhei para a televisão e vi que acabara de acontecer um acidente! Me sentei para acompanhar a reportagem.
Carro do Joseph
17h29min
~Joe On

KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK! Eu não conseguia parar de rir! Ela ficou toda desconfiada kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk! Tinha um carro na minha frente. Queria chegar em casa pra contar essa história para o Kevin. Sei que ele não ia rir tanto quanto eu, porque ele não estava lá, mas a cara dela tava demais! KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK! Ultrapassei o carro. Levei um susto. Tinha outro carro vindo pela outra mão. MEU DEUS! MEU DEUS! VAI BATER! Tirei os pés do acelerador e pisei com tudo no freio. Protegi meu rosto. O meu carro parou, mas não deu tempo. Ele veio com tudo. Tá ficando tudo escuro... Merda! Que droga.... Apaguei.

~Joe Off

CONTINUA...
Hey Yo!
Gente, desculpa por não ter postado, é que
minha irmã tinha viajado e levado o netbook com ela.
Sou muito má, por isso parei por aqui
Muahahahaha
Comentem senão eu não posto u.u
Já amo vocês
Kisses





Um comentário:

Envie um comentário e ganhe um chocolate Wonka :3